OANDA:USDJPY   Dólar Americano/Iene Japonês
O par caiu para suas mínimas de quatro dias durante o início da sessão europeia, com os ursos agora procurando estender a dinâmica de baixa ainda mais abaixo da marca de ¥109,00.

O par estendeu a queda de retração da semana passada da área de ¥109,75-80, ou acima dos topos de um mês, e caiu pela quarta sessão consecutiva na terça-feira. O dólar americano permaneceu deprimido em meio às expectativas de que o Fed manterá as taxas baixas por um período mais longo. Isso, por sua vez, foi visto como um fator chave que exerce pressão sobre o par.

O decepcionante relatório de vendas no varejo dos EUA , de sexta-feira, reafirmou a visão dovish do Fed e forçou os investidores a reduzir suas apostas em relação a uma decolagem antes do previsto. Assim, o foco estará na divulgação das atas da reunião do FOMC na quarta-feira. Nesse ínterim, um aumento modesto nos rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA pouco fez para impressionar os otimistas do dólar.

Enquanto isso, a queda parecia não ser afetada pelo relatório do PIB japonês mais fraco de terça-feira, que mostrou que a economia contraiu 1,3% durante o período janeiro-março e 5,1% YoY. Mesmo um tom de risco geralmente positivo, que tende a minar a demanda pelo porto-seguro JPY, falhou em emprestar qualquer suporte ao par ou paralisar o declínio em curso.

Não há grandes dados econômicos de movimentação do mercado devidos aos EUA na terça-feira, sugerindo que o caminho de menor resistência para o par permanece negativo. Assim, um deslizamento subsequente em direção ao suporte intermediário perto da região ¥108,55, baixas oscilações mensais em rota perto da região ¥108,35, agora parece uma possibilidade distinta.

Comentários