UnknownUnicorn7505481

Estudo do SP500 pelo IVV. O que esperar?

AMEX:IVV   iShares Core S&P 500 ETF
Lembre-se de que esta não é uma recomendação de compra ou venda. O estudo analítico é apenas educacional por natureza.


Fundamentação da análise:


O método de análise utilizado para este estudo foi o de estruturas de preços, também conhecido como análise candle-a-candle ou barra-a-barra. Esta análise segue a Teoria Dow, analisando movimentos de tendência e correções, sugerindo que as correções podem ser de até 50% do movimento de tendência. Em resumo é isso.

Contexto do preço:

No contexto macro, o preço estava trabalhando lateralmente em uma ampla faixa, que durou até o final do 3º trimestre de 2013. Vale lembrar que antes desse período o preço vinha trabalhando em tendência de alta, se analisado pelo SPX , que tem mais dados históricos que o IVV .

O rompimento mais o reteste da região anteriormente rompida, que ocorreu em 2015 confirma a retomada da tendência de alta, de acordo com os modelos propostos na Teoria Dow.

Desde então, o preço vinha trabalhando em forte tendência de alta até o período da pandemia, período de pânico que afetou muito os mercados.
Apesar da grande queda da pandemia, o preço não quebrou um suporte importante na região de US$ 235,62, o fundo anterior, então a tendência ainda não havia se revertido para baixa. Mesmo assim, os mercados se recuperaram, os preços voltaram a subir e novas máximas históricas foram alcançadas, chegando a US$ 482,07.

Depois de atingir US$ 482,07, o preço começa a corrigir e testar novamente um suporte importante, a região de US$ 428, 01 , um fundo anterior deixado no preço. Nesse contexto, as possibilidades de preço eram:

Possibilidade 1: O preço poderia testar fundo, subir até 50% do range entre a linha vermelha e a linha verde, não ultrapassando 50%, ou seja, a linha pontilhada, o preço voltar a cair, podendo ou não quebrar o suporte / fundo;

Possibilidade 2: O preço poderia testar o fundo, voltar a subir, e se o preço romper os 50% do range entre as linhas vermelha e verde, poderia continuar subindo até o topo, podendo ou não fazer o rompimento do topo histórico;

Possibilidade 3: O preço fica trabalhando de lado dentro desse intervalo entre as linhas verde e vermelha.


Ok, esse era o contexto.


Cenário atual:

A possibilidade 1 foi a que o preço seguiu, então para esperar uma correção maior, deve-se esperar que o preço não volte a trabalhar acima da linha verde. Se o preço fechar novamente acima da linha verde, significa que o preço pode voltar a trabalhar dentro dessa consolidação.

Se o preço testar a linha verde como resistência, espera-se uma queda maior com alvos nas regiões U$ 382,20 e U$ 351,17, fundo anterior e 50% da alta macro respectivamente, podendo também buscar mais um alvo na região de 340,20, um topo que foi rompido anteriormente, que pode atuar como uma região de suporte para o preço.


Lembrando que as linhas de tendência também podem atuar como suporte e resistência do preço e, se o preço quebrar uma das linhas de tendência, ele tenderá a buscar a próxima, seja para teste ou para rompimento.

E para a retomada da alta? Bom... temos que esperar o comportamento do preço nas regiões alvo, porque o preço só vai buscar o segundo alvo depois de atingir e passar do primeiro.

De qualquer modo isso é tudo por enquanto, mas em breve vou atualizando conforme o desenvolvimento do preço. :)
Aviso legal

As informações e publicações não devem ser e não constituem conselhos ou recomendações financeiras, de investimento, de negociação ou de qualquer outro tipo, fornecidas ou endossadas pela TradingView. Leia mais em Termos de uso.