f1l1per.

Ibovespa Briga no TH

BMFBOVESPA:IBOV   Índice IBovespa
194 vizualizações
5
Cenário Macro
Começamos a segunda semana de dezembro com perspectivas ruins na cena internacional. Tensões entre China e EUA só aumentaram devido a prisão de uma diretora da Huawei. Petróleo e commodities em geral estacaram a sangria mas não ainda não se recuperaram do tombo. No entanto apesar de todo este cenário negativo o Ibovespa se manteve na região próxima do topo histórico, com local comprado e estrangeiros vendidos. Acredito que o Brasil, por se tratar de um mercado volátil e de mais risco, tem afastado estrangeiros por conta do cenário de volatilidade nos EUA , mercado de referência, e por estar esticado dado o rali que funcionou na bolsa desde de antes da eleição.

O Gráfico
Depois do primeiro turno a bolsa subiu sem força, mostrando perda de momento comprador,com períodos de lateralização seguidos de rompimentos tímidos. Agora o principal padrão no gráfico é uma possível cunha ascendente. Classicamente é um padrão vendedor, mas não é impossível que tenhamos continuação de alta. A perda confirmada da linha de base dessa cunha liga o alerta para um movimento baixista mais acentuado, mas até lá o viés ainda é levemente de alta.
Análise aqui é apenas um estudo. Não se trata de recomendação de compra ou venda. Qualquer ponto de entrada, alvos de realização ou stops indicados são, apenas, para avaliar a acurácia da análise.

Comentários

Boa noite! Considerando os fundamentos, se politicamente algo já começar a acontecer de bom para as empresas no começo do ano, tende a reforçar a tendência de alta, concorda? Quanto ao gráfico, considerando o último fundo em 85600/85900, se confirmar o fechamento acima deste paramar, acha que tende a chegar pelo menos próximo dos 91000?
Resposta