BMFBOVESPA:IBOV   Índice Bovespa composto por 50 empresas brasileiras
53 0 2
Neste Boletim Econômico Semanal 045 destacamos:

  • PIB em queda, inflação se estabilizando e mercado de trabalho ainda fraco – mas com desemprego desacelerando;
  • Incerteza e instabilidade continuam como as palavras que melhor definem o atual momento político do país;
  • Contas públicas do Reino Unido melhoram sensivelmente e, nos EUA             , Fed aponta para cenário de normalização da política monetária.

Acompanhe abaixo os principais pontos deste relatório.

Cenário econômico

— No Brasil, semana foi carregada de dados importantes. Os dados das contas nacionais trimestrais, por exemplo, ainda serão anunciados, no entanto, o monitor do PIB divulgado pelo IBRE aponta para um recuo de aproximadamente 1% no terceiro trimestre deste ano. O IPCA-15, por sua vez, referente ao mês de novembro, registrou 0,26% de variação na comparação com o mês de outubro, menor variação para o mês de novembro desde 2007 – dada a forte influência da queda dos preços dos alimentos. Por fim, vale destacar que o Caged registrou redução de 74.748 postos de trabalho em outubro, em termos líquidos, melhor do que as expectativas de mercado em torno de 100.000 postos de trabalho.

Cenário político

— Incerteza e instabilidade continuam como as palavras que melhor definem o atual momento político do país. A bola da vez foi a interferência do atual presidente da república, Michel Temer, pressionando o então titular da Cultura, Marcelo Calero, para buscar uma solução favorável ao agora ex-ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo) no caso da obra embargada na Bahia.

Cenário externo

— O resultado das contas públicas do Reino Unido foi deficitário em £ 4,8 bilhões em outubro, abaixo do acréscimo de £ 9,8 bilhões de déficit do mês anterior. A estimativa é que o exercício 2016/17 termine com um déficit orçamentário próximo dos £ 76 bilhões do exercício anterior, sustentando que o Reino Unido passa agora para uma sensível melhora nas suas contas públicas. Do outro lado do mundo, o Federal Reserve (Fed) confirmou em sua a ata a visão de que as condições da economia continuam melhorando e devem dar sustentação à normalização adicional da política monetária em breve.

Destaques e perspectivas

— O mercado, por mais uma semana, ajustou para baixo suas expectativas para o PIB deste e do próximo ano, de acordo com o Relatório Focus desta semana. E na agenda doméstica, destaque a divulgação do resultado do PIB do 3º trimestre na quarta-feira (30/11), que deverá reforçar o ritmo de queda da economia. No exterior, após a divulgação da ata do FOMC, o mercado estará atento à divulgação dos dados do mercado de trabalho norte-americano de outubro, na sexta-feira (02/12), que possivelmente reforçaram as expectativas do mercado de elevação da taxa de juros dos EUA             em dezembro. Acompanhe mais indicadores e suas respectivas datas de divulgação aqui.

Para mais detalhes e para acompanhar o relatório completo, visite o site da Análise Econômica Consultoria.
Brasil
United States
United Kingdom
India
España
France
Italia
Polska
Россия
Türkiye
Indonesia
日本
한국
Início Rastreador de Ações Identificador de Sinais Forex Calendário Econômico Como Funciona Recursos Gráficos Regras da Casa Moderadores Para a WEB Plataforma Biblioteca Gráfica de Ações Suporte Prioritário Sugerir Melhorias Notícias do & Blog FAQ Ajuda & Wiki Twitter
Mensagens Privadas Chat Ideias Publicadas Seguidores Seguindo Suporte Prioritário Perfil Público Configurações de perfil Conta e Faturamento Deslogar