MacD_Bollinger

Os Bulls estão de volta, e agora?

BMFBOVESPA:IBOV   Índice IBovespa
- O IBOV pelo visto terminou sua pernada “C” de correção apesar de não termos testado a importante região dos 105,8K. Podemos dizer que os comprados tomaram a dianteira da situação e mostraram toda sua força, fazendo com que o IBOV se mantenha acima dos 115K mesmo com algumas noticias ainda imperando no campo negativo.

- Graficamente falando, o IBOV terminou a semana muito bem, com uma alta de 4,7%.

- No diário os preços parecem estar querendo formar um “pivô de alta” e para isso acontecer, os preços tem que romper a região dos 116,5k e ficar acima desse nível, fortalecendo assim as médias curtas de 13 (linha azul) e 21 (linha vermelha) períodos, a fim de buscar níveis mais altos, os 118,5K, mas antes, temos que romper um forte fundo em torno dos 115,8K.

- O estocástico no diário mostra uma reação, mas levemente acima da linha de cruzamento.

- No semanal os preços ainda trabalham abaixo das médias de 13 e 21 períodos, o que pode fazer com que os preços tenham dificuldades de buscar os níveis mais altos em 116,5k e 118,5K, demonstrando fraqueza e podendo vir testar a região dos 114,5K e 113,8K respectivamente e para uma queda mais pessimista, podemos vir testar o fundo anterior em 111,5K, formando assim, um possível novo ciclo altista rumo aos 129K (Vide Elliot ).

# Quanto as noticias importantes temos:

- A PEC do auxilio que foi votada no senado e agora esta em pauta da câmara dos deputados;

- Tivemos o resultado do PIB, caindo dentro do previsto pelo mercado, que em suma, previa uma queda entre 4,2% e 5,5%, ficando levemente abaixo previsto, na casa de 4,1% de queda.

- Temos a reunião do COPOM na próxima semana em que não é descartada uma alta da SELIC , na ordem de 0,50% p.b, onde, alguns analistas mesmo que timidamente, defendam uma alta entre 0,75% e 1,0% p.b, para conter a inflação momentânea (vide dólar);

- Temos os Treasure Americanos em alta, assim com a taxa longa de juros por aqui subindo, o que pode fazer com que a movimentação no IBOV seja um tanto quanto tímida para essa semana, onde podem penalizar algumas ações;

- As boas noticias concentram-se por hora na “PEC da IMPUNIDADE” que ficou de fora do radar do “SENADO;

- Tivemos a liberação por parte do governo da importação de vacinas que tinham algumas “clausulas um tanto quanto duvidosas/contraditórias”, porém, visto a situação de calamidade, foi deixada de lado, mas, que em algum momento futuro, acredito eu, pode se virar contra o governo, afinal, estamos no Brasil é tudo aqui é possível quando se tem em mente em extorquir os cofres públicos, pois várias premissas do "Ministério da Saúde” em controlar, fiscalizar e liberar qualquer entidade farmacêutica, remédios, fórmulas ou planos de saúdes a funcionarem, estão sendo deixadas de lado, o que poderá abrir precedentes futuros.

- Façam vossas analises e bons negócios!

- Seja consciente, Se comprar, Use Stop!