LeoMolini

BITCOIN e a MUSK dependência

LeoMolini Pro Atualizado   
BITSTAMP:BTCUSD   Bitcoin/Dólar Americano

O Ativo mais esticado do planeta, dependia das "twitadas" de um bilionário excentrico para ter credibilidade

Foi bonito? foi lindo!! ... peguei o papel em 30 de Dez e surfei uma alta q nunca sequer sonhei...

MASSSS depois q o ativo perdeu os 50K e ganhou rapidamente mais 25% de alta, com apenas um twitte do maluco, aí ficou claro...

aí to fora... cmprar isso e TELESENA é a mesma coisa!!!...

ALOWWWW... mano, se fosse qualquer outro tipo de ativo, Elon Musk estaria sendo alvo de investigação!!! (akliás esse é um ponto negativo para as criptos q ficou evidente agora)

Enfim... vamos à analise:

rompeu a LTA principal e lateralizou num grande canal...

qdo renovou topo, eu alertei aqui com uma publicação (link abaixo) tava descarado a armadilha... e só um Twitte do Elon Musk pra salvar hahaha (q comédia isso)

link do meu post na data:
sexta feira, fui fazer um update e o papel estava "furando o gelo" , dando inicio a uma distribuição...

como o ativo não para no final de semana, me deparo hj com o preço buscando a MM200

não deu nem tempo de fazer o post (ainda bem q fiz o pirnt da tela... segue o link: https://uploaddeimagens.com.br/imagens/Q...

qdo chegar nos 24k e não depender da twitada de um especulador pra subir, eu penso se compro de novo...
Comentário:
Comentário: Atualização 18/05:

ativo derramando mais rápido do que pensei buscando liquidez na MM200 no 40K... aumento de volume demonstra urgência de players se livrando do ativo (climax de venda)

a região tb é topo da onda 1 e fundo do canal de alta

suporte muito importante!!

se não aparecer comprador forte aí... hummmm

obs: clica na imagem para ver qdo alertei bem no topo q o ativo estava prestes a cair...

o volume é o X9 dos Insiders
Aviso legal

As informações e publicações não devem ser e não constituem conselhos ou recomendações financeiras, de investimento, de negociação ou de qualquer outro tipo, fornecidas ou endossadas pela TradingView. Leia mais em Termos de uso.