marcosbazzoni

ESPERANÇA? O CENÁRIO MACRO BENEFICIA APESAR DOS PESARES? #VAIBR

Viés de alta
FX_IDC:BRLUSD   BRAZILIAN REAL / U.S. DOLLAR
Correlação não é causalidade, mas da vontade de acreditar que o brasil vai "bombar" nos próximos anos.
Passado:
Real/Dólar (vermelho e verde) teve correlação direta com o preço das commodites (azul).
Índice de commodites (azul) teve correlação inversa ao Dólar frente a outras moedas ( DXY , laranja).
DXY (laranja) teve correlação inversa ao YUAN (amarelo) a partir de 2015.
Presente:
Situação fiscal deteriorada, taxa de juro real negativa, economia em baixa produtividade devido a pandemia e outras dificuldades comuns do Brasil como logística e impostos altos.
Futuro:
Situação fiscal melhora? Taxa de juro volta a ser atrativa a ponto de não criar distorções (empresas zumbi de baixa produtividade e dividas em excesso)? Reduzirá o desemprego? Quem sabe alterando essas condições o cenário atual venha a mudar, quem sente saudade dos tempos pré-2008 a 2012? Onde o Brasil vinha em uma onda de crescimento e investimentos. É sabido que a inflação é um dos "impostos" mais perversos que rouba riqueza das pessoas sem nem poder se defenderem, só é bom pro governo que arrecada cada vez mais, melhor exemplo é o imposto de renda (temos a ilusão monetária de que as rendas aumentam mas o poder de compra é o mesmo ou menor e ainda sim muita gente passa a ser enquadrada nas alíquotas do imposto de renda, passando a pagar cada vez mais imposto), ainda sobre inflação, vimos no último ano que a baixa produtividade e desvalorização do real trouxe aumento dos custos gerais e claro dos alimentos também, isso poderia ser revertido com a economia voltando aos níveis de produção e valorização do real. É possível ver no final do gráfico uma valorização do YUAN enquanto as Commodities ainda estão em baixa, pela característica matemática de correlação e retorno a média as commodities tendem a subir junto com Yuan e queda do Dólar. Lembrando que o boi, o vegetal, a ração, a roupa, a energia, os produtos eletrônicos, praticamente tudo que consumimos são produzidos com insumos cotados em dólar.
Comparando com o passado, apesar dos governos o cenário macro foi o que mais pesou no desenvolvimento. Será que o Brasil vai "voar" apesar dos pesares? Vamos torcer pra que as fragilidades sejam pequenas perto dos pontos positivos. Parece que temos uma luz no fim do túnel e que as coisas vão melhorar pra todos porque quando a onda é boa todo mundo consegue surfar. Qual a opinião de vocês?

Comentários